Ouça agora

Ouça agora

X (Twitter) corrige bug que sinalizava postagens como 'Mídia Sensível'

Imagem Noticia

Imagem: Unsplash

Compartilhe agora

Postado em 23/01/2024 por Sistema Plug

X (ex-Twitter) revelou, no domingo (21), ter corrigido um bug que levou à sinalização incorreta de postagens feitas na rede social como “Mídia Sensível”. Vários relatos sobre o problema surgiram ao longo do final de semana, afetando até mesmo alguns anunciantes.

Este tipo de rótulo é adicionado aos posts com conteúdos que outros usuários talvez não queiram ver, como violência ou nudez. O tweet sinalizado restringe a visualização de tais materiais, exibindo as imagens desfocadas e exigindo que a pessoa clique ou toque no arquivo para a sua exibição completa.

Mas, de acordo com as reclamações, o antigo Twitter estava sinalizando até mesmo as fotos e os vídeos que não continham materiais sensíveis, de maneira automática, dificultando o engajamento das postagens. A falha também foi notada por Elon Musk, que afirmou se tratar da ação de um bot de spam.

“Hoje, um bug em nosso sistema fez com que o X rotulasse incorretamente vários posts como ‘Mídia Sensível’. Corrigimos o problema subjacente e agora estamos trabalhando para remover rótulos das postagens afetadas”, declarou a empresa, usando o perfil dedicado à segurança da rede social, @Safety.


Redução da equipe e aumento de problemas

A rede social X vem enfrentando uma série de problemas relacionados ao aumento de spam nos últimos meses. Como observa o TechCrunch, as dificuldades podem estar associadas à redução da força de trabalho, que afetou principalmente as áreas responsáveis pela segurança e a confiança global da plataforma.

Uma investigação conduzida por autoridades australianas, sobre a reativação de perfis banidos no país, sugere que a companhia demitiu aproximadamente 80% dos engenheiros de segurança sob a administração de Musk. Equipes que faziam a moderação de conteúdo e poderiam evitar problemas como a sinalização indevida de postagens como sensíveis foram bastante impactadas.

As demissões também podem ter relação com outros bugs importantes, como a quebra de imagens e links nativos e a interrupção global do Twitter, ambos ocorridos no ano passado. A direção do X se recusou a comentar o relatório do escritório de segurança cibernética da Austrália divulgado recentemente pela Forbes.