Ouça agora na Rádio

N Notícia

Economia dos EUA fica menos atraente conforme se superaquece, diz economista

FOTO: CC0 / Pixabay

Economia dos EUA fica menos atraente conforme se superaquece, diz economista

Devido ao maior controle dos democratas na Câmara dos Representantes dos EUA, os investidores podem se interessar menos em negociar com o país americano, disse Mark Jolley, estrategista global da CCB International Securities, à CNBC.

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

Durante entrevista à Sputnik Internacional, Daniel Lacalle, economista-chefe da empresa especializada em gestão de ativos Tressis Gestion, debateu sobre o assunto

Segundo Lacalle, resultados positivos serão vistos como desafiadores para os investidores, principalmente perante novas rodadas de cortes de impostos. 

"Acho que faz sentido que alguns digam que, talvez porque a economia está começando a ficar superaquecida de certo modo ou, ao menos, após o estímulo dos cortes de impostos no fim do ano, então ela se torna um pouco menos atraente", diz o economista.

Apesar dos resultados das eleições terem sido vistos como um alívio pelos mercados financeiros, o especialista acredita que o mandato do presidente dos EUA, Donald Trump, será constantemente desafiado por causa dos democratas no Congresso, que farão movimentos agressivos.

Ele ainda expressa a opinião de que, após as eleições de meio de mandato norte-americanas, é possível que ocorra o aumenta da taxa pela Reserva Federal, e isso "provavelmente causará um pouco de turbulência nos mercados, somado ao fato de que, em geral, as valorizações são elevadas".

"A razão pela qual algumas pessoas acreditam que um impasse é positivo para o mercado é porque ele tende a fazer com que o presidente seja menos ideológico ou menos agressivo sobre as políticas implementadas", ressaltou.

Lacalle considera que é pouco provável que os democratas no Congresso interrompam a nova proposta de Trump sobre cortes de impostos para o país, mas que talvez isso seja viável através de uma ordem executiva do presidente, ou seja, passando por cima das ordens do Congresso.

"Definitivamente [isso] prejudicou os democratas nas eleições presidenciais anteriores, se você governar por ordem executiva, porque isso é considerado antidemocrático", relata.

Já em relação aos recentes boatos sobre o Partido Democrata lançar uma investigação contra o governo Trump, o especialista recorda que os mercados tendem a reagir negativamente, e isso já foi comprovado por casos de impeachments anteriores.

"A razão pela qual o mercado está reagindo positivamente hoje, é porque a probabilidade é percebida como muito baixa", conclui.

FONTE: Sputnik Brasil
Link Notícia

Leia também