Ouça agora na Rádio

N Notícia

Olhada para trás: sonda solar capta FOTOS da Terra a 43 milhões de km

FOTO: CC0 / Pixabay

Olhada para trás: sonda solar capta FOTOS da Terra a 43 milhões de km

A sonda espacial Parker Solar Probe da NASA, que está se dirigindo para o Sol, deu uma "olhada" para trás para fotografar a Terra à distância de 43 milhões de quilômetros de nosso planeta.

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

A NASA divulgou recentemente uma imagem da Terra captada pela sonda, que pretende se aproximar o mais possível do Sol, revela o comunicado da agência espacial norte-americana publicado na quarta-feira (24).

Imagem da Terra tirada pela sonda espacial Parker Solar Probe da NASA
Imagem da Terra tirada pela sonda espacial Parker Solar Probe da NASA

A fotografia, tirada a cerca de 43 milhões de quilômetros de nosso planeta, mostra a Terra como um ponto redondo brilhante no lado direito da imagem, rodeado por milhares de estrelas espalhadas por esta parte da galáxia.

A foto foi enviada através do único instrumento de transmissão de imagens localizado a bordo da sonda solar (o WISPR, na sigla em inglês), enquanto o aparelho espacial estava a caminho de Vênus a fim de utilizar a força gravitacional do planeta e, assim, alinhar seu curso — uma manobra conhecida como assistência gravitacional.

Na outra imagem transmitida pela sonda solar é possível ver uma leve protuberância à direita. É a Lua, ou melhor, uma parte do satélite do nosso planeta, que aparece por trás da Terra.

A sonda espacial Parker Solar Probe da NASA capturou uma leve protuberância à direita da Terra – é a Lua
A sonda espacial Parker Solar Probe da NASA capturou uma leve protuberância à direita da Terra – é a Lua

A sonda Parker Solar Probe foi lançada em 12 de agosto. Seu principal objetivo é revelar como a energia e o calor se movem através da coroa do Sol e o que faz acelerar o vento solar.

Nos sete anos que a missão previsivelmente durará, a espaçonave completará 24 órbitas ao redor do Sol e viajará através da atmosfera da estrela central do nosso Sistema Solar, a uma distância "sete vezes mais próxima" do que qualquer outra nave espacial, segundo informações da agência espacial, percorrendo a distância a cerca de 150 milhões de quilômetros.

A sonda Parker Solar Probe voará pela primeira vez até à camada mais externa da atmosfera  do Sol, conhecida como coroa, para ampliar os conhecimentos sobre a origem e evolução do vento solar.

FONTE: Sputnik Brasil
Link Notícia

Leia também