Ouça agora na Rádio

N Notícia

Misteriosas mortes de aves na costa do Pacífico dos EUA anunciam cataclismo

FOTO: CC BY 2.0 / jacme31

Misteriosas mortes de aves na costa do Pacífico dos EUA anunciam cataclismo

Um grupo internacional de cientistas liderado por Julia Parrish, da Universidade de Washington, conseguiu explicar as misteriosas mortes em massa de aves na costa oeste dos EUA, que teriam ocorrido devido a um aumento da temperatura do oceano provocado pelo aquecimento global.

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

Segundo os especialistas, os animais morreram de fome devido à diminuição da quantidade de zooplâncton nas águas do oceano Pacífico, informou o portal Phys.org.

No outono de 2014, os moradores da costa oeste testemunharam um evento ecológico estranho e sem precedentes. A costa do Pacífico da América do Norte, da Califórnia à Colúmbia Britânica, estava cheia de dezenas de milhares de pequenos cadáveres de aves marinhas, no que se tornaria uma das maiores mortandades de aves já registradas.

Um numeroso grupo de mais de 800 voluntários registrou os locais e datas onde foram encontradas as aves, conhecidas como mérgulo-sombrios (Ptychoramphus aleuticus) e introduziram as informações em uma base de dados especial. Depois, eles combinaram essa informação com dados sobre a temperatura da água, a circulação oceânica e a disponibilidade de zooplâncton, que é o principal alimento dessas aves.

Ao comparar os dados, eles descobriram que, entre 2013 e 2015, as águas superficiais perto da costa do Pacífico aqueceram bruscamente devido a uma diminuição na saída de calor para a atmosfera. Como o zooplâncton prefere águas mais frias, esse aumento na temperatura provocou uma diminuição de alimento para as aves.

Segundo os cientistas, esses casos se repetirão, porque as consequências do aquecimento global se tornarão mais visíveis. De acordo com eles, é provável que no futuro a parte norte do oceano Pacífico seja muito mais quente e que o evento de 2014 seja uma espécie de "experimento natural", cujos resultados podem prever as consequências do aquecimento global.

FONTE: SPUTNIK BRASIL
Link Notícia

Leia também