Ouça agora na Rádio

Ouça agora

EUA separam US$ 1,9 bilhão para trocar antenas da Huawei no país

Imagem Noticia

Imagem: Huawei

Compartilhe agora
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Postado em 29/09/2021 por Sistema Plug

O governo dos Estados Unidos oficializou um programa de reembolso para operadoras que substituíram equipamentos de fabricantes chinesas no país, começando por empresas de telecomunicação de pequeno porte que atuam em zonas rurais.

Segundo a agência de notícias Reuters, o programa de reembolso da Federal Communications Commission (FCC) vai custar US$ 1,9 bilhão e envolver principalmente aparelhos de Huawei e ZTE.

Ambas estão em atrito com o governo há dois anos, acusadas de manter brechas propositais de segurança e realizar espionagem a mando do governo da China. Como essas empresas foram consideradas possíveis riscos para a segurança nacional, além de limitações em negociação com marcas norte-americanas e uso de serviços locais, aparelhos de infraestrutura para o 5G e equipamentos de conexão sem fio dessas marcas foram banidos do país.


Saindo de cena

O primeiro passo da iniciativa é um cadastro que vai de 29 de outubro deste ano até 14 de janeiro de 2022. As operadoras elegíveis, que são menores em estrutura e precisam de auxílio para contratar funcionários e comprar equipamentos para as obras, podem ter no máximo 10 milhões de clientes.

Em 2019, o estudo para criação de um fundo de reembolso no caso das antenas já era debatido no país, sendo que as duas fabricantes e outras três marcas chinesas menores foram riscadas de qualquer planejamento envolvendo telecomunicações norte-americanas. A Huawei, em especial, era bastante utilizada para o 5G em regiões do interior, já que oferecia menor preço dos equipamentos e taxas reduzidas de manutenção.