Ouça agora na Rádio

Ouça agora

TV Brasil é a emissora oficial dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020

Imagem Noticia

© EBC

Compartilhe agora
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Postado em 23/08/2021 por Sistema Plug

Os veículos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) já trabalham na realização de ampla cobertura dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, que acontecem de 24 de agosto a 5 de setembro. A TV Brasil, emissora oficial dos jogos, transmite ao vivo a cerimônia de abertura e a solenidade de encerramento além das principais competições nas diferentes modalidades, com destaque para a participação dos atletas brasileiros em esportes coletivos e individuais. A Agência Brasil, a Rádio Nacional e as redes sociais da EBC também reforçam a cobertura do evento esportivo.

O repórter Igor Santos e o repórter cinematográfico Rodolpho Rodrigues já desembarcaram em Tóquio para registrar a participação dos atletas olímpicos no Japão. Profissionais experientes, os dois atuaram pela EBC na cobertura da Paralimpíada do Rio em 2016, e dos Jogos Mundiais Militares em Wuhan, na China, em 2019, entre outros grandes eventos esportivos.

Emissora oficial

EBC é parceira do Comitê Paralímpico Internacional (IPC) e a TV Brasil é a emissora oficial dos jogos no Brasil. De 24 de agosto a 5 de setembro, realizará transmissões diárias de tudo que estiver acontecendo no Japão, levando o melhor da Paralimpíada para o Brasil.

A equipe de reportagem da TV Brasil em Tóquio se junta a jornalistas, apresentadores e comentaristas – direto dos estúdios no Rio de Janeiro, para garantir todos os detalhes e emoções das provas e competições que serão transmitidas na íntegra, com narrações exclusivas, ao vivo, de 5h30 às 7h30 da manhã.

A partir das 8h15 o time da TV Brasil entra no ar sempre que houver brasileiros em ação. A TV Brasil 2 acompanhará o evento e exibe diariamente, a partir das 22h, as competições com o objetivo de apoiar e dar visibilidade aos atletas paralímpicos do mundo inteiro.

As edições dos telejornais Repórter Brasil Tarde e Repórter Brasil Noite exibem os principais acontecimentos do dia. Fique ligado para os destaques e notícias de última hora e nos programas esportivos Stadium e No Mundo da Bola. Boletins diários na Rádio Nacional informam os resultados do Brasil em todas as modalidades.


Agência Brasil, rádios e redes sociais

Agência Brasil também entra em clima paralímpico e noticia os resultados, desafios e conquistas dos atletas brasileiros e a agenda de competições. No canal de YouTube da Agência Brasil, de segunda a sexta-feira, no fim do dia, confira um resumo do que aconteceu nos jogos, a agenda e a expectativa do dia seguinte. Você ficará por dentro ainda de outras informações, como curiosidades da cultura japonesa e classificação do Brasil no ranking paralímpico.

Confira também todos os destaques da cobertura dos veículos da EBC em nossas redes no YouTube, Twitter, Facebook e Instagram pela hashtag #EBCemTóquio.

A ampla cobertura dos veículos da EBC conta ainda com vídeos, fotos e textos das cerimônias de abertura e encerramento; entrevistas exclusivas com medalhistas e atletas famosos; destaques do dia; especialistas de todos os esportes trazendo contexto e análise dos resultados em todas as categorias; artes animadas do quadro de medalhas, gráficos e curiosidades; e cobertura dos impactos dos Jogos no Japão e no mundo.

Tokyo 2020 é aqui, nos veículos da EBC e nos canais da TV Brasil, a emissora oficial dos jogos no Brasil. #EBCemTóquio

Competições paralímpicas em Tóquio

Neste ano, a Paralimpíada conta com 22 modalidades esportivas. Serão 539 competições no total, realizadas em 21 locais da capital japonesa.

Entre as novidades, o Comitê Paralímpico Internacional incluiu no programa o parabadminton e o parataekwondo. As duas modalidades substituem o futebol de 7 e a vela, excluídos dos Jogos devido ao pequeno alcance internacional.

Voltado a participantes com deficiências físicas (de mobilidade, amputações, cegueira ou paralisia cerebral) e mentais, o evento terá atletas das mais diversas nações competindo na busca pela sonhada medalha.

Participação do Comitê Paralímpico Brasileiro

A delegação brasileira é composta por 260 atletas (incluindo atletas sem deficiência como guias, calheiros, goleiros e timoneiro), sendo 164 homens e 96 mulheres, além de comissão técnica, médica e administrativa, totalizando 434 pessoas. Jamais uma missão brasileira em Jogos Paralímpicos no exterior teve tamanha proporção.

Na última edição fora do país, em Londres 2012, o Brasil compareceu com 178 atletas, até então a maior. O número para a capital japonesa só é superado pela participação nos Jogos Rio 2016, já que o Brasil garantiu vagas em todas as modalidades por ser país sede e contou 286 atletas no total.

Os Jogos de Tóquio reservam a possibilidade da conquista da centésima medalha dourada paralímpica na capital japonesa. Atualmente, o Brasil contabiliza 87 láureas.

Atletas de 22 estados e do Distrito Federal em 20 modalidades - exceto basquete em cadeira de rodas e rúgbi em cadeira de rodas - representarão o Brasil no Japão. Competidores nascidos no estado de São Paulo são maioria, com 60 representantes. Os naturais do estado do Rio de Janeiro vêm em seguida, com 24. Não há representantes provenientes de Amapá, Sergipe, Roraima e Tocantins.

Serviço

Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 / Transmissão dos Jogos e cobertura dos veículos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) - De 24 de agosto a 5 de setembro

TV Brasil

tvbrasil.ebc.com.br/comosintonizar

WebTV: tvbrasil.ebc.com.br/webtv

TV Brasil Play play.ebc.com.br (Aplicativo de smartphone disponível para Android e iOS)

Agência Brasil

agenciabrasil.ebc.com.br

www.youtube.com/c/AgênciaBrasilOficial/videos

Rádio Nacional (DF)

Rádio Nacional AM

980 KHz, Brasília

https://youtube.com/c/R%C3%A1dioNacionalBR

Rádio Nacional FM

87.1 MHz, São Paulo, Belo Horizonte e Recife

radios.ebc.com.br/radionacional


Rádio Nacional (RJ)

FM 87,1 MHz, AM 1130 kHz

radios.ebc.com.br/nacionalrioam